08/07/2020

Coren Tocantins entra com Ação Civil contra o Governo do Estado para garantir testagem dos profissionais durante a pandemia da Covid-19

Ação Civil Pública visa garantir testagem ampla dos profissionais

Desde o surgimento dos primeiros casos da Covid-19 no Estado, o Conselho Regional de Enfermagem do Tocantins tem atuado de forma incisiva na fiscalização das instituições de saúde sobre as condições de trabalho dos profissionais de enfermagem.

Presidente do Coren Tocantins

Pensando nisso, o Coren/TO ajuizou uma Ação Civil Pública contra o Governo do Estado, com pedido de tutela de urgência, para garantir a realização da ampla testagem dos profissionais de saúde, em especial dos profissionais de enfermagem, inclusive aqueles que não apresentem sintomas da Covid-19, independente de terem contato com um caso confirmado ou não.

A medida foi tomada para proteger os profissionais, pacientes e familiares, principalmente diante das últimas circunstâncias e iminente colapso do sistema de saúde, visto que os profissionais da enfermagem atuam na linha de frente no combate à doença e têm, constantemente, se arriscado para salvar vidas.

“A enfermagem está na assistência direta ao paciente e precisa ser testada periodicamente para interromper a cadeia de transmissão da doença e continuar prestando seus serviços de forma segura”, explica a presidente do Coren/TO, Emília Maria Miranda.

A ação pede ainda que seja providenciado o afastamento dos profissionais assintomáticos que testarem positivo para a Covid-19 e que sejam disponibilizados locais apropriados para que os positivos cumpram o período de quarentena, a fim de evitar a propagação da doença.


Fonte: Ascom Coren-TO